18/07/2012

Alimentação

Bom, eu confesso que não me adaptei às comidas daqui ainda não! Continuo achando MUITO estranho comer qualquer porcaria no almoço, e ficar cozinhando horrores pra janta. Americanos, quem entende? Esses dias minha host falou que no Brasil somos muito mais saudáveis, porque não faz bem comer muito de noite, mas como eles não vão pra casa no almoço e comem em qualquer canto, ou até no trabalho mesmo, são acostumados a terem um almoço rápido, e a janta, que estão em casa e com a família, ai sim eles COMEM.
Bom, na minha primeira semana aqui eu passei fome, de ter dor de barriga de fome! Foi muito ruim! E devo ter emagrecido alguns bons quilinhos, porque minhas calças na segunda semana estavam folgadas na cintura. Mas agora já estou engordando de novo. No café da manhã eu nem sei o que os meus hosts comem, porque nós comemos em horários diferentes. Eu geralmente como bolacha e tomo iogurte, ou como cereal, o que não era muito diferente no Brasil. No almoço eu geralmente estou sozinha em casa com as kids, tenho um baby de 11 meses e um menino de 10 anos. Se estou só com o baby, cozinho qualquer coisa que eu quiser pra mim, mas se o maior ta em casa, sempre pergunto oq ele quer. Eles normalmente comem iogurte, bolacha, sanduíche ou qualquer coisa que no Brasil nós não comeríamos! E foi assim na primeira semana, à base de misto quente, iogurte, salgadinho...e eu passando fome! Mas conversei com minha host, fomos no mercado e eu me esbaldei! Comprei carne, frango, atum, macarrão, molhos... :D eis que a partir da segunda semana eu comecei a cozinhar, tanto pro maior quanto só pra mim também, pois vi que eu PRECISAVA comer no almoço. Então voltei aos almoços brasileiros, de quando eu ficava sozinha e ficava inventando comida pra mim - odeio cozinhar só pra mim! Geralmente faço macarrão com algum molho, já fiz uns molhos com queijos e molho com atum.
Macarrão ao molgo 3 queijos sendo preparado
Aqui não tenho muita opção, mas por enquanto ta bom! Já fiz purê de batatas e bife com queijo derretido. BIFE, NOSSA! Tava com uma saudade de comer CARNE! *-*
Salada de alface e cenoura, purê de batatas e bife com e sem queijo.
Eles não tem costume de comer carne aqui...eu comi um dia aqui na casa da HF, eles compraram no meu primeiro fds aqui, mas depois disso não comi mais, então acho que é difícil mesmo, e só compraram pq eu tava chegando =P eles comem hamburguer, salsicha e peito de frango, que é o churrasco deles daqui. Super sem graça!
E na janta a minha host geralmente faz alguma comida...cozinha macarrão, arroz, faz carne, camarão... Enquanto no Brasil eu comia um pão! Hahaha mas com o tempo estou me adaptando. Não estou fazendo tudo do jeito deles, porque como passo o dia praticamente só com as kids, eu faço o almoço do meu jeito, e como o que quiser durante todo o dia, então estou na minha rotina alimentar do Brasil, tirando que aqui não tem algumas coisas, ou tem algumas diferentes.
Todo mundo fala muito de fast food né, que aqui só comem isso. Bom, se realmente for assim, eu dei sorte! Cheguei aqui faz mais de 20 dias, e até hoje meus hosts comeram fast food só um dia, que estávamos viajando e eles pararam no caminho pra comprar. Foi a única vez!
Bom, e eu sou intolerante ao glúten, tenho doença celíaca. Pra mim está sendo muito bom aqui! As sessões para celíacos nos mercados são SUPER maiores que as sessões nos mercados do Brasil. Consigo comer ceral aqui *-* e no Brasil eu encontrei só um sem glúten uma vez, mas ele saiu de linha já...ou seja, fazia muito tempo que eu não comia cereal! Aqui encontrei um pão muito bom também, e meus hosts pedem pizza em uma pizzaria que tem PIZZA SEM GLÚTEN! (site da pizzaria: http://dominos.com - tem em outras cidades também). Outra coisa que nunca vi no Brasil... Só vi no mercado, claro! Mas pizzaria, nunca! E olha, acho que foi uma das pizzas mais gostosas que eu já comi até hoje! Também encontrei muitooo tipo de bolacha que nunca vi no Brasil, como bolacha recheada tipo Negresco, e bolacha wafer. Então estou saindo no lucro, e agora - depois da primeira semana - comendo bem! :D

Desculpem o post fraquinho...o próximo eu vou fazer sobre as COMPRAS que eu já fiz por aqui! :)

2 comentários:

Anônimo disse...

OII Cláu, noossa vc não sabe como seu post me tranquilizou agora, até minha mãe ta mais calma hehehe, sou celíaca também e ainda intolerante a lactose e sempre quis fazer intercambio, achei o programa au pair e adorei, ja estou até na APC mas ainda não estou on line, porém, meus pais e eu tbm tinhamos uma certa preocupação em relação a alimentação nos EUA, sem contaminação cruzada e tudo o mais, achei que seria dificil encontrar familias flexiveis em relação a doença celíaca e a intolerancia a lactose, pesquisei bastante produtos dos EUA sem glutén e sem lactose e achei muita coisa, acredito que eles sabem mais do que os brasileiros sobre esses assuntos porque aqui no Brasil além de super caros os produtos são difíceis de encontrar..melhor eu parar por aqui porque se não o comentário vai virar um livro kkkk...só queria saber como foi para vc encontrar a familia?foi difícil pela intolerancia ao gluten ou eles foram legais quando souberam? Abraços e boa sorte para você!!!

Caroline Matos disse...

Obrigaaaaaaaaaaaaada por compartilhaaaar! Eu sofro muito aqui no Brasil com essa intolerancia MALDITA. Eu ainda sou intolerante à lactose... Então vc imagina o quao triste é. Pensei que eu ia sofrer aí tbm, quando achei o seu relato que me emocionou (de verdade!) Eu fiquei muito feliz. Sofro muito pra recuperar o meu peso e pensar que depois de todo trabalho que tive, emagrecer seria o fim da linha!
Parece dramático, mas infelizmente essa doença vem acompanhada com depressão que é causada pela frustração do "nao pode" que você encontra nas prateleiras, nos restaurantes, pizzarias e afins.
Vc achou seu post fraquinho, eu achei ENRIQUECEDOR.
Valeu!